O ex-presidente Americano tem antepassados no vilarejo Moneygal e só soube durante a campanha presidencial em 2008

Parece estranho para você esse título, não é? Para nós também parecia. Mas é verdade. O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama tem um pezinho na Irlanda.

Em um dos nossos passeios pelo País descobrimos o vilarejo Moneygall. E é lá que Obama descobriu a história de seus antepassados. Só em 2008, durante a campanha presidencial, ele soube dessa origem dos Obamas na Irlanda. 

Ao lado de Michelle Obama, o presidente visitou o vilarejo irlandês em 2011 e, desde então, o local, que tem cerca de 500 moradores, explora o turismo com o forte nome de Obama.

Obama e populares durante visita na Irlanda
Obama durante visita, em 2011. Official White House Photo by Pete Souza / Flickr

Museu

Até um museu foi construído na vila para relembrar a visita e arquivar memórias do ilustre quase “filho” da região. Moneygall é uma região rural situada a 130 km de Dublin. Foi dessa vila que saíram os tataravós do presidente, em 1850, com destino ao “Novo Mundo”.

Bandeiras dos EUA e Irlanda na entrada do museu em Moneygall
Bandeiras americana e irlandesa ficam posicionadas na entrada do museu em Moneygall

No dia da visita, o presidente tomou uma pint da famosa cerveja irlandesa Guinness no pub Ollie Hayes. A pint, copo de 500 ml, usada por Obama para tomar a cerveja também está exposta no museu.

Pint usada por Barack Obama exposta do museu de Moneygall
Pint usada por Ibama – Pint é uma unidade de medida em vários pubs de países da Europa. Uma pint tem cerca de meio litro de bebida
Obama e Michelle bebem pint da Guiness em visita
Obama e Michelle bebem pint da Guiness em visita / Maxwells Dublin – Flickr

Durante a visita, Obama foi recebido pelas autoridades da região e acompanhado por um primo distante.

Vilarejo

Os moradores de Moneygall contam que, antes da chegada do presidente, o vilarejo todo passou por uma verdadeira reforma. Paredes das casas foram lavadas e pintadas de cores claras. As poucas ruas todas foram limpas e as autoridades se prepararam, com apoio do governo da Irlanda, para garantir a máxima segurança a todos. 

Pés da Roberta Luiza perto da estrela da fama de obama
Eu também registrei o momento, claro!
Roberta Luiza com as estátuas de Obama e Michele
A clássica foto com as estátuas de Barack Obama e sua esposa, Michele

Hoje, um ponto turístico, além do pub, é uma grande galeria comercial onde fica o Museu Obama e também um posto de gasolina de “beira de estrada”. Em 2011 ele nem existia. Organizado e bem limpinho, o local é uma ótima opção para um lanche. O museu tem entrada gratuita.

Quando visitou o local, Obama disse: “Meu nome é Barack Obama, dos Obamas de Moneygall”. Seu discurso está no museu.

Flyer sobre Obama e a Irlanda no museu de Moneygall
Flyer do museu de Moneygall sobre Obama, sua visita e ligação com a Irlanda
Print de publicações da época da visita de Obama em Moneygall
Muitas publicações da época registraram aa visita de Obama em Moneygall

Homenagens

Na época da visita, os moradores usaram uma tradicional música irlandesa para adaptar a letra e homenagear Obama. Ficou um pouco estranha: “Ele é tão irlandês como o bacon/ Como o repolho e o guisado/ Ele é hawaiano e queniano/ Ele é americano também”.

O que parecia uma brincadeira e homenagem, garantiu ao grupo “The Corrigan Brothers” um contrato com a Universal Records. O vídeo da música foi assistido mais de 3 milhões de vezes. Clique aqui para assistir no YouTube.

Veja mais posts sobre a Irlanda e o intercâmbio.